O Curso resultou de uma proposta apresentada pela à Biodinâmica enquanto sua associada para capacitar técnicos de ambiente Moçambique, no que respeita à realização da componente ecológica/biodiversidade da Avaliação de Impacto Ambiental de projectos de infra-estruturas lineares (estradas, caminhos -de- ferro, canais de transporte de água, gasoduto/ oleodutos e linhas eléctricas). Este foi ministrado por Hugo Costa, Miguel Mascarenhas e Natasha Ribeiro e tinha como objectivos:
– Sensibilizar acerca de conceitos de ecologia/diversidade biológica, assim como da relevância da biodiversidade no contexto global, nacional e regional;
– Conhecer as metodologias de trabalho de campo normalmente usadas para a recolha de dados, e como estes deverão ser analisados no contexto do processo de Avaliação de Impacto Ambiental;
– Dotar os formandos de conhecimentos fundamentais para proceder a uma correcta avaliação de impactos causados por infra-estruturas lineares na diversidade biológica;
– Capacitar os formandos com ferramentas para a determinação da significância dos impactos, das medidas correctivas e/ou mecanismos de compensação bom como formas de acompanhar os impactos e sucesso das medidas implementadas ao longo do ciclo de vida do projecto;
Tinha como grupo alvo, profissionais públicos e privados da área de ambiente, em particular em lidem com a Avaliação de Impacto Ambiental (AIA), outros profissionais interessados na área de AIA, alunos finalistas de licenciatura/mestrados ou recém-licenciados que perspectivem trabalhar em AIA.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *